sexta-feira, 15 de junho de 2012

É uma flor-macaco?


Espécie pode ser encontrada no Peru e no Equador


Fonte: Casa e Jardim Online
Será que é uma mistura de flor com primata?
Bem que parece, não é? Mas trata-de de mais um capricho do reino vegetal. Essa espécie intrigante é uma orquídea chamada Dracula símia, popularmente conhecida como “cara de macaco”. 
Ela foi descoberta e batizada pelo naturalista chileno Hugo Gunckel Luer. O fato interessante é que esta orquídea parece ter todas as feições de um macaco: olhos, nariz, boca e até uma espécie de juba. Trata-se de uma raridade que cresce em áreas de difícil acesso, a uma altitude de 1.000 e 2.000 metros, nas selvas do Equador e do Peru.

O nome científico também é bem sugestivo, fazendo referência a filmes de terror: o gênero, Dracula, se deve a forma de suas sépalas, com esporões pontiagudos semelhantes aos dentes de vampiro. Confiram os detalhes nas fotos. É de arrepiar, não é mesmo?

Um comentário:

walter carvalho disse...

Incríveeeell....é só o que posso dizer a respeito dessas orquídeas, popularmente conhecidas como "cara de macaco", é realmente a mesma coisa, parece esses micos, tipo leão dourado,e outros. Parabéns pela matéria.